14
Jun 07

«Amo-te como nunca ninguém amou neste mundo, amo-te, quero-te, adoro-te, não sei nem posso ter coração para outra coisa.

Tu és o meu primeiro,

o meu último amor»

Almeida Garrett

 

Escrito por Someone Else às 00:08
Hoje estou::

Quanto a ser amada não posso falar...
talvez um dia!

Question Mark a 14 de Junho de 2007 às 19:05

não sabes isso... por acaso sei de um poema que fala sobre isto, hei de publica-lo... depois ficarás na dúvida se terás sido amada, talvez és neste momento, ou não... ;)

bjnhos

Era bom se fosse... :)
Mas os obstaculos da vida (impostos por nós proprios) não deixam que ninguém sem aproxime...
Quem amamos não nos ama...
os outros pouco interessam...

:´(
Question Mark a 14 de Junho de 2007 às 20:31

então tens de quebrar esses obstáculos. ;)

bjnhos
Someone Else a 14 de Junho de 2007 às 20:48

Junho 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9





Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

mais sobre mim